Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Itajaí está há quase três meses sem registrar novos casos de dengue

Dado foi apontado no oitavo boletim epidemiológico do município
Data de inclusão: 08/10/2021 17:16

Itajaí não registra novos casos de dengue há dez semanas, conforme aponta o oitavo Boletim Epidemiológico de Vigilância entomológica do Aedes aegypti. O documento é divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Itajaí, por meio da Gerência de Controle de Zoonoses. Ele é utilizado para acompanhar, orientar e prevenir casos de dengue, chikungunya e zika vírus no município. Clique aqui e acesse na íntegra. 

Ainda de acordo com o relatório, foram identificados 988 focos do mosquito Aedes aegypti em 17 bairros de Itajaí no período de 3 de janeiro a 2 de outubro de 2021. O dado representa um aumento de 23% no número de focos em relação ao mesmo período em 2020, no entanto, houve redução de um bairro de contaminação.

O boletim aponta que 362 casos de dengue foram confirmados em 2021. Destes, 329 são autóctones (transmitidos dentro do município), 16 são importados (transmissão fora do município) e 17 são indeterminados. O bairro São Judas apresentou o maior número de casos autóctones, sendo 93 identificados na localidade. Entretanto, Itajaí não registra casos novos de dengue há dez semanas – o último caso foi em 20 de julho de 2021.

"Pedimos ajuda da população para mantermos a cidade sem casos da doença. Se todos realizarem as atividades de prevenção semanalmente em sua casa, conseguiremos ter um verão tranquilo", pontua Lúcio Vieira, coordenador do Programa de Controle da Dengue.

Em relação à febre de chikungunya, o município confirmou cinco casos da doença. Destes, dois foram transmitidos dentro de Itajaí e três foram importados de outras cidades. Além disso, não houve nenhuma confirmação de casos positivos de zika vírus na cidade. 

Imagens relacionadas

Itajaí está há quase três meses sem registrar novos casos de dengue
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2021 - Município de Itajaí